18 maio 2010

Cemitério das Âncoras - Praia do Barril - Tavira


Aqui foram deixadas estas âncoras utilizadas na pesca do atum ao longo dos tempos! Antigas âncoras usadas nas armações de captura de atum.
Este cemitério encontra-se em Pedras D`el Rei, na praia do Barril, em Tavira.
Estas âncoras eram usadas nas antigas Armações de pesca ao Atum e Sardinha.
As Armações eram artes de pesca do tipo armadilha fixa de grande extensão, aberta ou não à superfície. Constituídas por redes verticais sustentadas por estacas, bóias, cabos e âncoras, constituindo uma série de canais, barreiras e câmaras, através dos quais os peixes são conduzidos até ao corpo. Encontram-se, geralmente, divididas em diversos compartimentos que podem ou não ser fechados na base por um pano de rede. As Armações tiveram grande importância na pesca do atum e sardinha, contribuindo fortemente para o desenvolvimento da industria das conservas em Portugal. As primeiras Armações a desaparecer foram as da sardinha enquanto a última Armação para o atum, instalada no Cabo de Santa Maria, encerrou a sua actividade em 1968. O desaparecimento das armações do atum deveu-se não só a custos de exploração económica, mas também devido, possivelmente a um maior afastamento do atum da costa. As Armações para a pesca do atum eram mais vulgares no Algarve , embora na costa ocidental existissem algumas(Pedra e Ponta da Galé, Setúbal, Cabo Carvoeiro, Cabo de São Vicente, Arrifana,) por exemplo.

(Fonte: D.G.P.A. Direcção Geral das Pescas e Agricultura).